Áudio em que traficante Playboy negocia cessar-fogo é investigado Criminoso é chefe de uma das facções do tráfico do Morro da Pedreira. Ele teme a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora na região.

Posted On 15/06/2015

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/06/audio-em-que-traficante-playboy-negocia-cessar-fogo-e-investigado.html

Áudio em que traficante Playboy negocia cessar-fogo é investigado

Criminoso é chefe de uma das facções do tráfico do Morro da Pedreira.
Ele teme a instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora na região.

Do G1 Rio

A polícia investiga a gravação de uma conversa que circula em redes sociais entre criminosos. No áudio, o traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, propõe um cessar-fogo para traficantes de uma facção rival. Ele é o chefe de uma das facções do tráfico na região da Pedreira, em Costa Barros, na Zona Norte do Rio. A conversa pelo rádio durou mais de 20 minutos.

Playboy: – Bagulho tá feio pra nós! Se ligou? Dá um papo aí de homem aí pra parar com esse bagulho aí de tiro pra lá e tiro pra cá, pô.

Como mostrou o Bom Dia Rio, o que motivou a conversa foi o roubo de um caminhão de bebidas no dia 25 de abril por traficantes da Pedreira. Como o rastreador foi acionado, o caminhão parou em frente ao Morro do Chapadão, dominado por outra façcão, e os criminosos trocaram tiros. Três pessoas morreram e quatro ficaram feridas. A polícia disse que as vítimas não tinham nada a ver com o roubo.

Playboy, o criminoso mais procurado do Rio, se mostra preocupado. Ele disse que não quer chamar a atenção para evitar que uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) chegue logo à região.

Playboy: – Aí, amanhã avança bagulho de UPP, vai prejudica pra nós dois, pô. Até quando nós vai ficar nessa aí, sendo burro, pô. Na moral, na moral, não tô aqui pedindo trégua pra ninguém não cumpadi. Vocês é uma facção, nós é outra. É guerra de sangue. Eu tô aqui só para cessar tiro pra cá, tiro pra lá, mano, pra não chamar mais atenção da mídia.

O traficante rival concordou com a opinião de Playboy.

Claudinho: – Com certeza, com isso tudo aí que tá acontecendo, quem diminui nosso espaço é nós mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s