Vereador Odilon Rocha continua preso em Parauapebas, PA Demais presos na operação “Filisteu” estão sendo transferidos para Belém. Odilon, que reclamou do salário, disse que está com problemas de saúde.

Posted On 27/05/2015

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

Vereador Odilon Rocha continua preso em Parauapebas, PA

Demais presos na operação “Filisteu” estão sendo transferidos para Belém.
Odilon, que reclamou do salário, disse que está com problemas de saúde.

O vereador Odilon Rocha (SDD) continua preso na sede da Polícia Civil nesta quarta-feira (27) em Parauapebas, no sudeste do Pará, após uma investigação do Ministério Público do Estado (MPPA) e da Polícia Federal. De acordo com Milton Menezes, coordenador da Operação “Filisteu”, deflagrada na terça-feira (26), o parlamentar deve ser transferido para Belém, mas não pode sair do município por problemas de saúde e alegou que deve continuar o tratamento na cidade. O também vereador José Arenes (PT) e um comerciante do município já estão a caminho da capital e continuarão presos preventivamente.

Durante a operação documentos foram apreendidos na prefeitura e mandados de busca e apreensão foram cumpridos no centro comercial da cidade, para combater um esquema de fraudes em processos licitatórios e superfaturamento de terrenos desapropriados pela prefeitura. De acordo com as investigações do MPPA, Odilon Rocha é acusado de envolvimento com fraudes em licitações no período em que exerceu o cargo de primeiro secretário da casa, entre os anos de 2013 e 2014. O objetivo das licitações era a compra de veículos e alimentos para a Câmara de Vereadores.

Ainda segundo o MPPA, Odilon é suspeito de receber 50% dos valores superfaturados do empresário que vencia as licitações do período. O empresário foi preso acusado de emitir notas fiscais frias e superfaturadas. Pelos cálculos dos promotores de justiça, a fraude pode ultrapassar o valor de R$ 1.300.000.

A Prefeitura de Parauapebas informou que colabora com as investigações fornecendo informações e que os serviços municipais não foram interrompidos com a operação. A Prefeitura informa ainda que os procedimentos referentes à Câmara Municipal são de responsabilidade da mesa diretora do poder legistativo.

‘Mal dá para sobreviver’
Na sessão do dia 24 de abril, Odilon questionou o valor do salário dos vereadores. “O valor que o vereador ganha aqui, se ele não for corrupto, ele mal se sustenta durante o mês”, disse Odilon, que cumpre atualmente seu quinto mandato na Assembleia do município. O vídeo com a declaração circulou por redes sociais e foi alvo de reclamações de moradores do município.

Cada um dos 15 vereadores de Parauapebas recebem o valor bruto de R$ 10.013,00 de salário, antes dos descontos de impostos. Os vereadores ainda tem direito aos valores de R$ 2.800,00 para custear despesas com combustível e R$ 1.00,00 para despesas com telefone, totalizando o valor de R$ 13.813,00, que equivale a 17 salários mínimos. Os vereadores recebem ainda uma caminhonete alugada pela câmara e diárias para viagens, que variam de R$ 300,00 a R$ 800,00.

Repercussão
Mesmo diante da repercussão negativa da declaração, Odilon foi defendido pelo presidente da Câmara do município, Ivanildo Braz, que é seu colega de partido. “A declaração dele não foi só a parte do vídeo. Ele dá a explicação total. O vereador em sequência explicou a linha da raciocínio dele, e comparou o salário com o dos secretários”, disse Braz.

No dia 12 de maio, Odilon pediu perdão pelas declarações. “Eu errei, isso pode ocorrer com qualquer pessoa, e como ser humano, peço a Deus que isso jamais aconteça outra vez. Por todas essas palavras eu peço perdão à minha família, primeiramente, aos meus pares desta casa, todos os senhores zeladores desta casa, ao meu partido e a todos os brasileiros, em especial ao povo do município de Parauapebas”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s