Gaeco prepara ação penal contra investigados em operação por jogos de azar e lavagem de dinheiro

Posted On 01/12/2014

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

O Gaeco (Grupo de Combate ao Crime Organizado) de Araçatuba já trabalha na elaboração de uma ação penal contra pessoas investigadas por possível envolvimento com o jogo do bicho e lavagem de dinheiro em operação que, na tarde desta quarta-feira (26), levou integrantes do GOE (Grupo de Operações Especiais) da Polícia Civil a arrombarem o escritório do vice-presidente da Câmara, vereador Cido Saraiva (PMDB), que nas eleições de 2012 ficou em primeiro lugar na disputa a uma cadeira no Legislativo, com 5.232 votos.

SARAIVA 3

Em Araçatuba, Birigui e São Paulo, a Polícia Civil executou cerca de 60 mandados de busca e apreensão. Trabalho acompanhado por promotores do grupo especial do Ministério Público que, nos próximos dias, conforme apurou a reportagem, deve pedir à Justiça a prisão de pessoas envolvidas com a lavagem de dinheiro na região, decorrente de jogos de azar.

Apontado como um dos responsáveis pelo comando do jogo do bicho na região, Cido Saraiva teve documentos, dinheiro e um aparelho do sistema de filmagens do seu escritório apreendidos pela Polícia Civil. Máquinas caça-níqueis também foram apreendidas em outros pontos da cidade.

SARAIVA 4

COM ACONTECEU

Policiais do GOE chegaram ao escritório de Saraiva no início da tarde. Pelo interfone, tentaram avisar funcionários que trabalhavam no local de que se tratava de uma operação de busca e apreensão, ali coordenada pelo delegado Fábio Pistori. Sem resposta, os agentes foram obrigados a arrombar a porta de acesso, usando um equipamento especial.

Cido Saraiva não estava no escritório quando a porta foi arrombada. Ele chegou posteriormente e, no interior do prédio, foi questionado pelo delegado que conduzia as buscas. Apesar de se tratar de uma investigação referente a jogos de azar e lavagem de dinheiro, somente nesta quinta-feira a Polícia Civil dará detalhes do caso em coletiva à imprensa.

Em frente ao escritório de Saraiva, a reportagem do Ata News questionou o advogado do vice-presidente da Câmara, Eli Flores. No entanto, ele disse não saber do que se tratava.

No meio da tarde, Saraiva recebeu a reportagem do Ata News em seu gabinete, na Câmara. No entanto, disse não ter informações do que se tratava a operação. “Não tenho o que dizer. Foi uma operação de busca”, disse, apenas.

SARAIVA 2

Durante as buscas no escritório, a Polícia Civil encontrou listas com nomes que podem ser de pessoas que tenham algum envolvimento com o jogo do bicho em Araçatuba e cidades da região. Toda documentação apreendida será analisada pela Delegacia Seccional de Araçatuba e por promotores que compõem o Gaeco no município.

Dono de diversas empresas e, atualmente, responsável pela manutenção de duas casas assistenciais a pacientes com câncer nos municípios de Barretos e Jales, e de uma outra destinada a fisioterapia a pessoas carentes, em Araçatuba, Cido Saraiva já foi investigado por ligações a jogos de azar. O caso mais recente ocorreu em 2007, no estado do Mato Grosso do Sul, quando chegou a ser indiciado por envolvimento em esquema relacionado a resultados de loterias.

Em Araçatuba, Cido Saraiva é apontado como um dos responsáveis por comandar o jogo do bicho. Ele também teria participação na arrecadação de recursos por meio de máquinas caça-níqueis, apesar de negar esta informação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s