PF apreende R$ 13,4 milhões em operação contra tráfico de drogas Operação ‘Veraneio’ tem como alvo esquema internacional de narcotráfico. PF cumpriu 50 mandados judiciais nos estados de MT, SP, MG e AM.

Posted On 04/11/2014

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

Divididos em quatro estados do país, agentes da Polícia Federal (PF) cumpriram nesta terça-feira (4) 50 mandados judiciais expedidos para a operação Veraneio, que tem como alvo um esquema de narcotráfico internacional. Em Mato Grosso foram cumpridos 20 mandados judiciais e os demais 30 foram cumpridos em cidades dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Amazonas. Segundo último balanço da PF, todos os mandados foram cumpridos, resultando em sete prisões temporárias e na apreensão do equivalente a R$ 13,4 milhões em cheques e cédulas de reais, dólares e euros.

De acordo com o delegado Samir Zugaibe, a quadrilha investigada nos quatro estados atuava na logística do esquema de tráfico de drogas a partir de Sinop, a 503 km de Cuiabá, buscando carregamento de entorpecentes na Venezuela e entregando-o em Honduras. “Essas drogas provavelmente eram das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e tinham como destino os cartéis mexicanos”, afirmou o delegado.

Para desmantelar o esquema, a PF obteve na Justiça mandados judiciais para prisão temporária de investigados, condução coercitiva (quando o investigado é levado para ser interrogado pela autoridade policial) e busca e apreensão.

Operação
De acordo com a PF, a maior parte dos mandados foi expedida pela Justiça Federal para a cidade de Sinop, a 503 km de Cuiabá: foram quatro prisões, cinco conduções coercitivas e nove mandados de busca e apreensão.

Somente na cidade foram apreendidos oito carros de luxo pertencentes à quadrilha investigada. Também foram cumpridos dois mandados judiciais em Sorriso (a 420 km da capital), sendo um de condução coercitiva e outro de busca e apreensão.

No estado de São Paulo, os agentes da PF atuaram em oito municípios, sendo que três prisões ocorreram na capital, em Sorocaba e em Campinas. Outros 18 mandados de condução coercitiva e busca e apreensão foram cumpridos nestas cidades e também em Atibaia, Tatuí, Mogi das Cruzes, Guarulhos e Ribeirão Preto.

Em Minas Gerais, foram 5 mandados judiciais cumpridos: um de condução coercitiva e outro de busca e apreensão tanto em Belo Horizonte quanto em Pará de Minas e um mandado de busca e apreensão em Formiga.

Polícia Federal deflagrou a Operação 'Veraneio' em MT, MG, SP e AM. (Foto: João Carlos Morandi/TVCA)Dezoito mandados judiciais foram cumpridos pela operação ‘Veraneio’ em Sinop (MT).
(Foto: João Carlos Morandi/TVCA)

No estado do Amazonas, os agentes federais estiveram em Manaus e Tabatinga. Em cada cidade eles cumpriram uma condução coercitiva e um mandado de busca e apreensão. A PF esclareceu que, originalmente, foram expedidos 48 mandados judiciais ao todo; o número final de 50 é consequência do desmembramento de mandados para endereços em cidades distintas.

Narcotráfico internacional
Todos os materiais apreendidos por força da operação deverão agora ser analisados dentro das investigações da operação Veraneio. Eles pertenciam à quadrilha que a PF visa desmantelar. Conforme o que se investigou até agora, a quadrilha atuava apenas com esquemas de narcotráfico fora do Brasil, com uma movimentação mensal de pelo menos uma tonelada de droga. O entorpecente não entrava em território brasileiro, segundo o delegado Samir Zugaibe.

Segundo as investigações, a quadrilha montou uma base de operações em uma fazenda localizada na região de Sinop. No local, afastado do centro da cidade, eram feitas adaptações em aviões de pequeno porte adquiridos no Brasil para o transporte de cargas. Os números de identificação das aeronaves também eram adulterados. A PF apontou que as aeronaves buscavam cocaína na Venezuela e transportavam a droga até Honduras. O avião era depois abandonado e os traficantes retornavam para o Brasil em voo comercial.

Avião foi flagrado com droga na Honduras (Foto: Divulgação/ Polícia Federal)Avião foi flagrado com droga em Honduras.
(Foto: Divulgação/ Polícia Federal)

Além da PF, compõem as investigações autoridades policiais de Honduras, da Força Aérea Colombiana e da Agência Antidrogas dos Estados Unidos. O esquema é investigado desde 2011.

Em 2012, a quadrilha chegou a ser flagrada durante o trajeto de uma carga de uma tonelada de droga. Rastreado desde a Venezuela, um monomotor com o carregamento sobrevoava a cidade de Catacamas, em Honduras, quando foi forçado pelas autoridades a pousar numa estrada rural.

Na descida, houve confronto com a polícia hondurenha. Dois suspeitos que estavam a bordo da aeronave tentaram fugir. Um deles morreu e o outro, brasileiro, foi mantido preso em Honduras. As investigações devem prosseguir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s