Corregedoria prende mais um PM suspeito de participar de chacina em Carapicuíba Pelo menos sete pessoas morreram no fim de semana

Posted On 29/07/2014

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

Da Agência Record

Sete pessoas foram mortas no fim de semana Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo

A Corregedoria da Polícia Militar prendeu administrativamente um policial suspeito de ter ajudado um colega que teria participado da chacina que deixou sete mortos, em Carapicuíba, no último sábado (26). A prisão aconteceu na segunda-feira (28), após o policial adotar uma atitude interpretada como “suspeita” pela corregedoria.

O policial teria levado um colete à prova de balas ao hospital onde um soldado estava internado e preso sob escolta. De acordo com a nota da Polícia Militar, ao adotar essa atitude, o policial levantou suspeitas e foi recolhido administrativamente pela corregedoria, por cinco dias, para facilitar as investigações. Caso haja a produção de provas concretas, será pedida a sua prisão temporária.

Este é o terceiro suspeito de envolvimento na chacina. Um policial militar de 37 anos, foi o primeiro a ser detido e cumpre um mandado de prisão preventiva. O PM está recolhido ao presídio Romão Gomes.

Segundo o delegado Andreas Bernd Goyos Schiffmann, há outra pessoa detida, não-policial, que está sendo investigada por suposta participação. Este também foi detido nesta segunda-feira (28).

As ocorrências aconteceram em quatro locais: no primeiro, na rua Comendador Dante Carraro, no bairro Cidade Ariston, com cinco mortos e dois feridos; no segundo local, rua Jaci, a 500 metros do primeiro, com um morto; e no terceiro, na rua Diógenes Ribeiro de Lima, com um morto e um ferido; e, no quarto, na rua Rio Branco, com um ferido.

Os sete mortos da chacina já foram enterrados. As vítimas vivas são um rapaz de 25 anos, que permanece internado no setor de clínica cirúrgica do Hospital Geral de Carapicuíba. Seu quadro clínico é estável, mas grave. Não há previsão de alta médica.  Um outro homem, de 24 anos, foi baleado, mas segundo a Secretaria de Segurança Pública, foi liberado na manhã de sábado (26); um terceiro, de 24 anos, foi alvejado no tórax, passou por procedimento cirúrgico e segue internado na enfermaria do Hospital Geral de Carapicuíba.

Por último, um jovem de 18 anos permanece internado no Hospital Regional de Cotia, sem previsão de alta médica.

As investigações estão sendo conduzidas pelo 1º Distrito Policial de Carapicuíba, Setor de Homicídios da Delegacia Seccional de Carapicuíba e DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa), com acompanhamento da Corregedoria da Polícia Militar, que ainda não informou à Polícia Civil a prisão do novo suspeito.

A Corregedoria da Polícia Militar informa que tem regulamentos rígidos e um processo de fiscalização que permite extrair das fileiras da PM aqueles que não se enquadram nesta disciplina exigida. Desde o início do ano, 174 PMs foram demitidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s