Polícia descobre esquema de venda de provas do Enem em Minas Gerais A prova foi fraudada em pelo menos uma escola em Barbacena (MG). A Polícia Civil descobriu a fraude enquanto investigava outro golpe.

Posted On 20/12/2013

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

Polícia descobre esquema de venda de provas do Enem em Minas Gerais

A prova foi fraudada em pelo menos uma escola em Barbacena (MG).
A Polícia Civil descobriu a fraude enquanto investigava outro golpe.

A polícia descobriu um esquema de venda de provas do Enem em Minas Gerais. Segundo o inquérito, a prova foi fraudada em pelo menos uma escola em Barbacena, na zona da mata mineira.

Dois homens presos são apontados como peças-chave do esquema: Quintino Ribeiro Neto e o estudante universitário José Cláudio de Oliveira.

Provas foram apreendidas no carro de José Cláudio e na casa dele. Também foram encontrados pagamentos em cheque e o contato dos candidatos.

Os investigadores descobriram que os fraudadores prometiam aprovação em cursos disputados em universidades públicas e davam garantia. O candidato só pagaria depois da divulgação do resultado. De acordo com a polícia, os valores variavam de R$ 70 mil  a R$ 100 mil.

“Ele replicava esse gabarito através de ponto eletrônico e SMS aos candidatos contratantes da fraude”, explica o delegado Fernando José Barbosa Lima.

Em uma das negociações, gravadas com a autorização da Justiça, o fraudador fala como era fácil aplicar o golpe. “Eu passo via mensagem de celular, mas é bagunçado. Não tem fiscalização, não. Não tem detector de metal, não tem nada no banheiro, é tudo bagunçado, a maior zona”.

Não é primeira vez que o Enem é fraudado.  Em setembro de 2009, uma prova do exame foi furtada dentro da gráfica que prestava serviço para o Governo Federal, em Santana do Parnaíba, estado de São Paulo.

A Polícia Civil descobriu a fraude do Enem em Minas Gerais enquanto investigava outro golpe, o de venda de vagas para cursos de medicina. Agora, a investigação passa a ser feita pela Polícia Federal, que já recebeu parte do inquérito.

O presidente do INEP e responsável pelo Enem, Luiz Cláudio Costa, garante que há segurança nos locais de prova. Segundo ele, mais de 1.500 tentativas de fraude foram identificadas no último exame. “Tem todo um tipo de treinamento que nós fazemos para isso, para ficarem atento às questões eletrônicas, do ponto eletrônico. Então, tudo isso é feito. Por isso, esse número, que é um número extremamente expressivo, mostra a atenção que o exame tem a cada detalhe”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s