Jovens dirigem carros da PM do Rio Grande do Norte e brincam de ser policiais

Posted On 25/11/2013

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/jovens-brincam-com-carro-da-policia-no-rio-grande-do-norte-04024E1A3070D8B94326?types=A&

ois carros da polícia do Rio Grande do Norte, um Sandero e uma Blazer, foram usados por jovens civis para brincar de ser policiais em Natal. As brincadeiras ilegais foram registradas pelos próprios rapazes e publicadas na internet.

Nos vídeos, apesar de não serem militares, os jovens assumem o volante sem qualquer receio e saem pelas ruas da capital potiguar dirigindo, até ligando a sirene.

Não se sabe a data em que os vídeos foram feitos, mas a polícia confirmou a veracidade das imagens e investiga o caso para saber quem são os responsáveis pelos veículos.

No primeiro vídeo, feito nas ruas do bairro Cidade de Esperança, região oeste de Natal, dois rapazes aparentam estar testando o motor de um carro, modelo Celta, cor preta, e saem em alta velocidade quando são surpreendidos por uma sirene do carro da PM, um Sandero, de placa não identificada. Ao diminuírem a velocidade, os rapazes observam que o carro militar está sendo dirigido por um outro rapaz, que não é policial. “Ei, o que é isso aí, vagabundo?”, diz o motorista do carro da polícia, que sai em arrancada.

No outro vídeo, jovens usam o carro da PM de número 114, uma Blazer, placa NNR-5705, para prender um colega dentro da mala e levá-lo para casa. “Ei, deixa eu pegar (sic) o meliante. Vou fechar aqui”, diz um deles ao trancar o porta-malas. Os rapazes saem dirigindo o carro com a sirene ligada e depois “libertam” o colega. O local das filmagens não foi identificado.

A PM confirmou que os carros usados pertencem à frota da polícia do Rio Grande do Norte. A suspeita é que os veículos estivessem em manutenção em oficinas que prestam serviços ao Estado e foram pegos por civis.

De acordo com o código da PM do Rio Grande do Norte, é ilegal um civil assumir a direção de um carro militar. O artigo 284 diz que o responsável pelo carro da polícia que expuser o veículo ou outro meio de transporte militar, sob guarda, proteção ou requisição militar emanada de ordem legal, impedir-lhe ou dificultar-lhe o funcionamento pode, caso seja condenado, ficar preso por até três anos.

Em nota, o comandante geral da PM, coronel Araújo Silva, afirmou que existem casos, em que, após o serviço, as viaturas precisam ser testadas, mas teste não ocorre em via pública.
“Vamos apurar a data em que esses vídeos foram produzidos e a partir daí, vamos atrás dos responsáveis”, declarou.

A PM informou que vai investigar o caso para descobrir a data que ocorreram as filmagens, identificar as oficinas e os responsáveis pelos estabelecimentos.

Segundo Silva, os envolvidos serão responsabilizados e poderão pagar criminalmente por uso indevido de veículo público. “Os responsáveis tanto por entregar os carros da polícia quanto quem os utilizou de maneira indevida poderão ser punidos criminalmente com pena de detenção”, disse.

Silva informou que as oficinas envolvidas poderão ser descredenciadas.

UOL entrou em contato com a Sesed (Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social), nesta segunda-feira (25), mas até a publicação desta reportagem não obteve resposta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s