Vendedora demitida por ofender cliente consegue reverter justa causa Leia mais em: http://zip.net/bklt6Z

Posted On 14/11/2013

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

Do UOL, em São Paulo

Uma vendedora das lojas Renner que foi demitida por chamar uma cliente de perua conseguiu reverter na Justiça sua dispensa por justa causa. Com a decisão, a empresa terá que pagar as verbas rescisórias relativas à dispensa sem motivo.

De acordo com o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) do Ceará, em novembro de 2011 a vendedora estava em período de experiência quando se desentendeu com a cliente.

Quando o incidente aconteceu, a cliente fez uma reclamação à gerente da loja. Apesar de ter tomando conhecimento do fato, a empresa não demitiu a funcionária imediatamente, mas apenas dois dias depois do ocorrido.

Por isso, a Justiça do Trabalho entendeu que houve perdão implícito por parte da loja. Ao julgar o caso, o TRT alterou a sentença que havia mantido a justa causa.

O Tribunal considerou que não foi observado o princípio da imediatidade e a demora na aplicação da penalidade caracterizou, de acordo com o Tribunal, o perdão tácito (renúncia do empregador em punir o faltoso, presumida em face do decurso de tempo entre a falta e a punição).

A Renner recorreu ao TST (Tribunal Superior do Trabalho), mas a Terceira Turma do Tribunal considerou inadmissível o recurso de revista.

Procurada pelo UOL, a empresa informou que não irá se pronunciar sobre o caso.

Leia mais em: http://zip.net/bklt6Z

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s