Governador fica em “saia justa” no encontro surpresa com o Presidente do SIPESP

Posted On 27/07/2013

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

Governador fica em “saia justa” no encontro surpresa com o Presidente do SIPESP

No dia de hoje – 25/07/2013, na cidade de Bauru, o Presidente do SIPESP, João Rebouças, compareceu na Central de Polícia Judiciária, onde encontrava-se o Governador Geraldo Alckmin.

Interrompendo a coletiva do governador, o presidente do SIPESP, cobrou:

– A falta de diálogo com as Entidades da Polícia Civil.

– O desrespeito com os policiais, que no dia 11/07/2013, enfrente ao Palácio dos Bandeirantes, solicitavam debaixo de chuva, uma audiência com sua Excelência o Governador, que nos ignorou, mostrando sua falta de habilidade política.

– Cobrou a Lei 1067/2008 (Nível Universitário), para Escrivães e Investigadores que até hoje não foi pago.

– O ALE estendido a todos, inclusive aposentados e pensionistas.

– O fim do Interstício para aposentadoria.

– Carreira Jurídica para Delegados.

– Reestruturação das Carreiras.

– A Aposentadoria Especial Lei 51/85.

– Para os Penitenciários, seis classes e não oito.

Encontro do presidente do SIPESP, João Rebouças, com o Governador Geraldo Alckmin

Encontro do presidente do SIPESP, João Rebouças, com o Governador Geraldo Alckmin

Mais uma vez enfatizou que, o Governador recebeu TODA sociedade civil, porque não recebe os policiais, que são os melhores do país e recebem os piores salários!?

 

Solicitou que o Governador Geraldo Alckmin, em frente aos jornalistas ali presente, marcasse a Audiência há muito tempo aguardada pelas Entidades da Polícia Civil.

O Governador informou ao presidente que irá marcar a Audiência. Se não for mais uma “pegadinha”, aguardaremos como está previsto em Assembleia Geral Extraordinária Permanente, até 31/07/2013.

Vamos continuar mobilizados, indo onde o Governador estiver, cobrando dele as promessas feitas, pois não podemos continuar com este tratamento de descaso, como o governo nos trata.

Estamos perdendo nossos policiais para outros Estados e para Segurança Privada, pois as condições de trabalho, salário e tratamento são mais dignos e melhores.

Por tanto, conforme Assembleia Geral Extraordinária Permanente aprovada no dia 04/07, a Polícia Civil e o Sistema Penitenciário, irão parar a partir de agosto.

A Diretoria

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s