Ministro anuncia R$ 60 milhões para centro integrado em São Paulo Alckmin e José Eduardo Cardozo assinaram acordo de cooperação. Documento reafirma pontos da parceria fechada na semana passada.

Posted On 13/11/2012

Filed under Uncategorized

Comments Dropped leave a response

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, assinaram nesta segunda-feira (12) acordo de cooperação para combater a violência em São Paulo. A parceria foi anunciada na semana passada.

Cardozo anunciou a liberação de R$ 60 milhões para criação de um centro de controle integrado, que irá reunir as forças da área de segurança pública das duas esferas. A reunião entre os dois aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul de São Paulo.

“Os entendimentos feitos na semana passada já estão em andamento”, disse Alckmin. O governador citou que já foi realizada a primeira transferência de um detento para presídio federal.

saiba mais

Ele também ressaltou que a agência de atuação integrada já está trocando informações e atuando em conjunto, além de trabalhos na contenções nas fronteiras, central de perícia e ações para enfrentamento ao crack.

O governador e o ministro anunciaram na semana passada uma ação integrada de combate à violência no estado, após a onda de violência que matou 90 policiais desde o início deste ano. Alckmin disse que seis pontos foram definidos. Um dos destaques é a criação de uma agência de inteligência com atuação integrada.

Unidade do Copom
A construção de uma nova unidade do Copom, a central de atendimento da PM, já está em andamento, segundo Alckmin. O governo federal também irá destinar recursos para a criação da nova unidade, cujo valor não foi mencionado.

“As equipes do âmbito federal e estadual estão integradas e trabalhando, primeiro da parte de inteligência, fazendo análises em conjunto”, afirmou o ministro. Ele não detalhou quais são as ações realizadas para garantir a eficácia da operação.

Cardozo e Alckmin assinam termo de cooperação (Foto: Tatiana Santiago/G1)Cardozo e Alckmin assinam termo de cooperação
em São Paulo (Foto: Tatiana Santiago/G1)

Segundo Cardozo, o trabalho ocorre em ritmo “aceleradíssimo”. “Os pontos nevrálgicos do estado de São Paulo, em relação à entrada de armas e drogas, contrabando, etc, já foram diagnosticados. Haverá uma reunião de trabalho hoje e amanhã e esperamos que na segunda-feira ocorram as primeiras ações integradas nessa área”, concluiu.

Questionado se seria possível o bloqueio dos celulares em presídios, o governador admitiu que ainda não há nas penitenciárias paulistas um sistema eficaz para evitar essa comunicação.

Ataques
Também presente na reunião, o delegado-geral da Polícia Civil, Marcos Carneiro, disse que não chegou nenhum aviso sobre os ataques aos policiais em agosto deste ano. Documentosobtidos pelo Fantástico neste domingo mostram que Secretaria da Segurança foi avisada da onda de ataques que estava para acontecer.

“A Polícia Civil formalmente não recebeu nenhum documento a esse respeito. Tanto é que a preocupação da Polícia Civil, através do departamento de homicídios, foi chegar na autoria dos crimes contra policiais civis e militares mortos covardemente, e chegando na autoria descobrir o mandante”, disse Carneiro.

Ele não detalhou, no entanto, se a informação chegou de outra maneira. “Informalmente, chegam vários informes, só que, quando chega ao serviço de inteligência, o departamento de inteligência tem que trabalhar a informação. Porque a preocupação é não criar clima de pânico”, justificou.

Para ler mais notícias do G1 São Paulo, clique em g1.globo.com/sp. Siga também o G1 São Paulo no Twitter e por RSS.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s